GEDEILSON 

Gedeilson afirmou que vinha insatisfeito com a atual gestão porque seus pleitos não eram atendidos e isso desgastou a relação com o prefeito e que agora faz parte da bancada da oposição. Reclamou da forma como foi anunciada a chapa da situação, que se sentiu humilhado. Falou de uma suposta reunião que teria havido com os vereadores sem sua presença para discutir a chapa da situação. Gedeilson afirmou que irá apoiar Arimateia Júnior  

MARRINHO 

Vereador Marrinho elogiou a gestão do prefeito Manoel da Lenha e afirmou ao vereador Gedeilson que não houve nenhuma reunião com vereadores para escolha da chapa da situação, e que da mesma forma foi comunicado a ele sobre a chapa da situação, foi decidida pelo prefeito.  

VINÍCIUS BACALHAU

Em tom conciliador, o vereador Vinícius Bacalhau elogiou a realização do Carnaval que terminou em paz. Afirmou que passou seis anos na oposição, mas sempre procurou fazer melhor para o Ingá, e assim espera que os vereadores que hoje estão na oposição farão o mesmo aprovando os projetos em benefício do município independente de posições políticas. 

PRESIDENTE ALCIDES 

O presidente Alcides encerrou a sessão afirmando que em sua gestão não há nenhuma irregularidade e desafia qualquer pilantra ou canalha a provar ao contrario. O seu filho Chico exerce o cargo de tesoureiro porque é pessoa de sua confiança e que a lei lhe permite nomeá-lo para tal. Classificou de canalha, vagabundo a pessoa que deseja lhe cassar e o desafiou a provar qualquer irregularidade.  

O presidente Alcides negou ao vereador Jorge a usar da palavra novamente uma vez que o regimento interno não permite, só voltará a tribuna na próxima sessão. Insatisfeito, o vereador Jorge se retirou da sessão antes do final. 

Confira os pronunciamentos na íntegra: 

Ascom