O ex-vereador Antônio Silvino de Moura,  popularmente conhecido como Antônio Redeiro, requereu espaço na Câmara Municipal de Ingá, e compareceu à sessão acompanhado de seu fotógrafo particular Leosmar.

Usando da tribuna falou sobre sua trajetória relembrando fatos marcantes vividos durante os seus mandatos, quando enfrentou prefeitos como Zé Grande, que classificou como ditador, e Antônio Burity, que segundo o vereador Redeiro à época denunciou falcatruas em sua gestão, tendo sido vítima de ameaça de morte à mão armada pelo atual vice-prefeito Berinho. Referindo-se aos dois casos citados, o ex-vereador Redeiro mostrou documentos e recortes de jornais da época.

Citando estes exemplos de coragem e enfrentamento, Antônio Redeiro, quis passar a mensagem de que vereador não é para ter medo de prefeito e precisa valorizar a importância e força que tem.

Finalizou com seu bordão predileto: “Eu tenho os pés para andar, as mãos para pegar, a cabeça para pensar e o coração para abraçar minha cidade. Cuide de mim, que cuido de você. É com Deus e o povo, muito obrigado”, sob aplausos da plateia e vereadores.

Confira o discurso do ex-vereador Redeiro, que atraiu a presença de correligionários ao plenário:

Ascom