Após o mês inteiro sem ter havido sessão devido aos feriados que caíram justamente na sexta-feira, parece que deixaram os vereadores com sede de discursos. A sessão desta sexta-feira foi longa principalmente no segundo expediente reservado à fala livre dos parlamentares. Todos os vereadores fizeram uso da palavra, tendo a sessão sido concluída por volta de meio dia.

O vereador Alcides em seu pronunciamento detonou a Cagepa pelos serviços mal prestados, os prefeitos que não ajudam a polícia e reclamou até da mesa diretora da Câmara. Jorge criticou a merenda escolar em Pontina e Chã, a falta de medicamentos na Secretaria de Saúde, cobrou onde está equipamentos de radiologia e afirmou que o prefeito não mora mais cidade.

O vereador Murilo aparteou Jorge e sugeriu a formação de uma comissão para visitar a Secretaria de Saúde de Ingá e fiscalizar as críticas feitas por Jorge.

Nego defendeu a merenda escolar do município como a melhor da região, cobrou de Jorge que fosse mais responsável nas suas críticas, e que o prefeito Manoel da Lenha tem se ausentado mais da cidade em razão de exames que tem feito em João Pessoa e enfrentando problemas de saúde. Elias explicou detalhadamente o ocorre com relação aos exames e sobre o equipamento de radiologia que foi feito uma parceria com Mogeiro para atender melhor a população de Ingá, uma fez que Campina Grande briga para que os recursos desta área não venha para Ingá.

Confira seus pronunciamentos: